quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Menino muda de sexo aos oito anos nos Estados Unidos


Josie Romero é uma menina de oito anos. Josie já foi Joey, um menino. A história sobre a mudança de sexo e de como isso foi enfrentado pela família da criança, nos Estados Unidos, é tema de um documentário que será transmitido na semana que vem no canal Channel 4, na Inglaterra. Os relatos também estão nos sites dos jornais britânicos (Telegraph, Daily Mail, The Sun) nesta quinta-feira (15) e foram contados no documentário "Sex, lies, and gender", no canal National Geographic, em setembro.

A mãe de Josie, Venessia, diz que, desde que a filha começou a falar, sempre afirmava: "Eu sou uma menina". Os pais a corrigiam: "Não, você é um menino". Josie, à época Joey, insistia em tentar transformar seus brinquedos de garotos em brinquedos de menina. A mãe afirma que a brincadeira preferida da filha era enrolar seus cachecóis na cintura e fingir que eram saias.

A família viveu até o ano passado no Japão. O pai de Josie, Joseph Romero, é engenheiro das Forças Armadas americanas. Quando Josie tinha quatro anos, os Romeros adotaram uma menina chinesa de dois. Os pais temeram que a filha mais velha ficasse com ciúmes, mas dizem que ela gostou muito da chegada de Jade. As duas brincavam como duas garotas.

Venessa afirma que, no início, achava que tinha um filho homossexual. Porém, depois se deu conta que era uma criança transexual. Ela conta que começou a comprar roupas de menino e de menina e deixar o guarda-roupa dividido com as duas opções. Josie sempre optava pelas vestimentas femininas.

Na base militar em que a família morava e as crianças iam à escola, Joseph diz que o preconceito era grande. Ele mesmo afirma que foi difícil aceitar que seu filho era uma menina. Segundo Joseph, o primeiro sentimento que teve foi de que havia perdido seu filho. Depois, percebeu havia ganhado uma filha.

Os Romeros voltaram para os Estados Unidos no ano passado. Josie recebe atendimento médico e psicológico. Ela tomará medicamentos para evitar a puberdade masculina. Quando completar 12 anos, deve ingerir hormônios femininos. A mãe diz que Josie já sabe que terá de passar por uma cirurgia de mudança de sexo quando for adulta. No Arizona, onde vivem, Josie participa de grupos de apoio para famílias de transexuais, incluindo crianças. Ela conta sua história. Venessa diz que a filha é muito feliz por poder compartilhar a sua experiência, para ajudar outros pais e filhos que passam pela mesma situação.

No ano passado, todos os documentos de Josie foram alterados. Ela é considerada, legalmente, uma pessoa do sexo feminino

18 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Aff... ainda incentiva???
    Esse mundo tá acabando mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Eita povinho com cérebro de galinha! Alienados na sua própria carcaça não tem a sensibilidade de poder aceitar e respeitar as pessoas como elas são.

    ResponderExcluir
  4. QUE LEGAL, bom se a propria mae aceitou, porque nao os outro, se desde pequeno o menina dizia que era menina, tem que mais é cultivar a ideia da menina, adorei a atitude da mae, faria o mesmo no caso dela, mas se eu fosse pai, ficaria meio emcabulado, pois pai é pai nunca vai aceitar totalmente

    ResponderExcluir
  5. Olá amigo gostei do post muito legal é bom ver a criatividade de posts únicos na net já que o que a maioria do pessoal hoje só faz copiar o que já é tão manjado continue o bom trabalho sucesso a você, lhe convido a conhecer e a prestigiar nosso trabalho no caixadepandora.net quem sabe possamos fazer uma eventual parceria

    ResponderExcluir
  6. A Questão não é aceitar ou não...

    "A mãe de Josie, Venessia, diz que, desde que a filha começou a falar, sempre afirmava: "Eu sou uma menina"

    Ou seja, já nasceu com um distúrbio hormônal, não é escolha dele ou dela, nasceu assim e pronto.

    ResponderExcluir
  7. nao vejo problema
    Conheça meu blog de humor na política.

    DIPLOMASSINHA
    Brincando de diplomacia
    http://diplomassinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. É complicado, problema que tem umas pessoas que possuem o lobo frontal extremamente atrofiado.

    Isso é um problema hormonal, não é culpa da criança nem dos pais. Eles tem que ajudar ela a solucionar seu problema e ser feliz, sem possuir muitos disturbios psicologicos.

    Deus fez todos de uma maneira com algum objetivo e nós só vamos saber quando estivermos ao lado dele. Gay, Hetero, ou qualquer coisa. Só saberemos depois quais são os objetivos.

    ResponderExcluir
  9. Isso não é normal,isso é BIZARRO!
    onde ja se viu uma coisa dessas? tudo culpa da maldita mídia!!!

    ResponderExcluir
  10. Fico muito feliz q a mentalidade das pessoas estejam mudando, e as pessoas q têm esse distúrbio hormonal, possam contar com o apoio dos pais. E tenho pena das pessoas q fizeram comentários pejorativos acima, pois tem a visao muito pequena, centrada em um ponto. Isso nao é culpa da mídia, nem culpa de ninguém. É um fato, q existe até nos animais irracionais.

    ResponderExcluir
  11. História cabulosa!!! :O

    Bom post viu!! gostei mesmo!

    ResponderExcluir
  12. "Isso não é normal,isso é BIZARRO!
    onde ja se viu uma coisa dessas? tudo culpa da maldita mídia!!!"

    Realmente Culpa da Midia... Cultivar essa sua ideia ridicula. Você acha que todos somos iguais? Toma vergonha nessa sua cara e vá entender o que essa criança sente. Mas acho que isso é pedir demais pra pessoas do seu tipo.

    ResponderExcluir
  13. Bizarro é ter gente que acha isso ridículo. Achei lindo =)

    ResponderExcluir
  14. FALTA DE LEVAR PORRADA.
    VIADAGEM ACABA NO CACETE.
    Muleque que 8 anos dominando os pais para até isso.
    O mundo era bom...
    2012 chega logo e explode tudo vlw?

    ResponderExcluir
  15. axo isso um absurdo Deus tenha d misericódia d todos nós... imagine né

    ResponderExcluir
  16. concordo com o Wagner!
    todos nós sabemos que deus não vai com a cara destes afeminados!
    como já dizia na bíblia:

    Lev.18:32 "Se um homem se [deitar] com outro homem, como se fosse com mulher, ambos terão praticado abominação; certamente serão mortos; o seu sangue será sobre eles."

    "...Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os efeminados, nem os sodomitas;...herdarão o reino de Deus."

    Quero ver vcs interpretarem isso!

    Nada melhor que um bom cacete na bundinha do filho e depois fumar aquele bom e velho charuto-pós-sexo! Sem esse negócio de viadagem!

    ResponderExcluir
  17. Suas matérias no blog são bem interessantes, e acho que seria bacana também você divulgá-las no www.plik.com.br, porque lá, basta colocar um título, adicionar uma pequena frase ou texto sobre o assunto, e logo após o texto, o link do artigo completo (como complemento, pode informar tags abaixo).

    Assim que postar, este resumo com link para seu artigo já fica na página inicial do Plik, e o Google indexa o Plik várias horas do dia, todos os dias, ou seja, você vai ter mais "votos" (links de outros sites) apontando para seu site, e isso com o passar das semanas, vai ajudar no crescimento do seu blog!

    Se quiser, pode acessar agora: www.plik.com.br, e para usar o site, pode criar sua conta grátis ou se logar via Twitter ou Facebook, ou seja, muito prático e fácil participar.

    Espero que goste da dica.

    Abraço!

    Fernanda

    ResponderExcluir